domingo, 7 de outubro de 2012

Remoendo Esse Amor


imagem: google

Fico a remoer este amor
com medo de ser,
com medo de não ser...
Fico a te querer
querendo-a como a uma lua.

Sei que existem
naves e foguetes
que poderão levar-me a ti,
mas temo em pedir
carona.

Esta distância entre nós
é tão curta
como a luz dos astros.

O que nos separa
e nos distancia
é o pensamento.


AJ Cardiais.

Um comentário:

Elaine Rocha disse...

Tão bonita sua poesia... O medo de se entregar tortura!