sábado, 23 de fevereiro de 2019

Metáforas











Ninguém aprende metáforas...
Sente-se quando a ideia calha,
e assim se agasalha
no meio do poema.

Quando o poeta se rende,
à linha do horizonte,
é capaz de ver
através de um monte...

E ver o indizível,
pode ser algo incrível.

A.J. Cardiais
08.02.2017
imagem: google

Amor errado















Quando você ama
a pessoa errada,
é como seguir uma estrada
que vai dar na lama...

Se você "se embrenhar",
e fizer tudo por amor,
saiba que só a dor
irá lhe acompanhar.

A.J. Cardiais
25.08.2017
imagem: google

Poesia: arte, dança e luta













A poesia é um sentimento,
que o poeta coleta no vento.
Vem como um perfume
ou como um vaga-lume
fora da noite.

Poesia é o acoite da vida
em determinados momentos.
E o poeta, mesmo como escravo,
transforma em divertimento
esta labuta.

Poesia é como capoeira:
hora é arte,
hora é dança,
hora é luta.

A.J. Cardiais
23.01.2017
imagem: google

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

À minha maneira


Vou vivendo meu sonho,
dentro da minha realidade.
Não vivo o mesmo tanto 
quanto eu sonho, é bem verdade...
Mas é o suficiente para mim.

Eu sou assim, ora essa!
Não tenho pressa,
nem enfrento tempo ruim.
Espero o sol sair,
para eu poder seguir...

O meu tempo está sendo...
Sei que ninguém está vendo.
Mas o que me importa
é minha vida torta,
sem eira nem beira.
Eu sou feliz à minha maneira.

A.J. Cardiais
16.12.2014
imagem: a.j. cardiais

sábado, 27 de outubro de 2018

Por ai, por aqui


Por ai tem uma mulher,
querendo um homem
igual a mim...

Por aqui tem uma mulher
sem saber dar valor,
ao homem que tem.

Por aí deve ter alguém
querendo entender
e também ser entendido...

Por aqui tem alguém perdido,
dentro de um relacionamento
mal resolvido.

Por ai tem mulheres sofrendo,
homens se vangloriando,
amores se despedaçando...

Por aqui tem um homem hétero,
esperando por uma mulher
que está bem ao lado.

A.J. Cardiais
27.10.2018
imagem: google

sábado, 13 de outubro de 2018

Aprisionando ideias



Um poema não tem tamanho.
Eu, quando me assanho,
deixo vagar palavras ao léu...
Depois, tiro o chapéu,
para quem consegue ver
o que eu não vi,
dentro do poema.

Um poema, às vezes,
só contém palavras em vão.
São palpitações malditas.
São desilusões escritas,
cuspidas pelo coração.

Não busque um sentido,
onde não há sentido...
Nem fique comovido
com minha sinceridade.

Um poema, na verdade,
só quer desconstruir os conceitos,
e deixar tudo de um jeito
que formem novas ideias.

A.J. Cardiais
11.10.2018
imagem: google

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Sonhos X Realidade



Enfeito minha vida com poesia,
para enfrentar esta realidade
dura e fria.

A realidade não tem 
pena de ninguém.
Vai passando
(junto com o tempo)
e modificando
a vida de todo mundo...

Deixo minha vida enfeitada
porque, quando a realidade vem,
não entende nada...

Ela não sabe se está 
entrando no sonho,
ou se é o sonho
que está dentro dela...

Então ela fica apavorada,
porque na verdade, 
a realidade
não gosta de sonhos.

A.J. Cardiais
imagem: google

terça-feira, 21 de agosto de 2018

As Coisas Possíveis - 2


Não ame o impossível...
Trace seu sonho,
fértil e fácil...

Fértil porque ele terá
várias possibilidades de existir,
e fácil porque ele sempre estará
ao seu alcance.

Dance conforme a música,
e tente não pisar
no pé da vida...

Procure deixar a vida distraída,
enquanto ela estiver
dançando com você.
Repare que a vida e a morte
têm o mesmo sexo: são femininas.

A.J. Cardiais
23.07.2016
imagem: google